O aumento considerável no consumo de cosméticos aquece o mercado e faz com que a variedade de produtos disponíveis nas prateleiras das lojas do ramo aumente a cada dia. E toda mulher que se preza sabe a importância de encontrar os produtos certos para suas necessidades.

Mas a variedade é tão grande que sempre bate aquela dúvida: como acertar na hora de escolher o corretivo? Existem versões líquidas e cremosas, em cores muito diferentes, como verde e lilás e, ainda por cima, é preciso saber aplicá-lo adequadamente para conseguir o efeito desejado. Para esclarecer todas essas dúvidas e também para mostrar outras utilidades de um dos itens básicos de maquiagem, confira as dicas:

– Como o próprio nome diz, o efeito esperado do produto é que ele cubra, disfarce e amenize as mais diferentes manchas e imperfeições que possam existir no rosto. Espinhas, cicatrizes, olheiras e vasinhos ganham um novo aspecto quando recebem um toque de corretivo.

– Por esse motivo, é importante saber que o produto deve ser usado somente em partes específicas do rosto, onde se encontram as imperfeições. Se aplicado no rosto todo, o produto perde sua funcionalidade e não traz o resultado esperado. Reserve o corretivo apenas para disfarçar os defeitinhos da pele e prefira aplicar uma base de boa qualidade no rosto todo para obter uma pele bonita e uniforme.

– Entretanto, além da função básica de corrigir imperfeições, o produto pode ser usado com diferentes finalidades. Em um tom mais claro, o corretivo pode ser aplicado sobre o nariz ou no pequeno espaço entre o queixo e a boca para servir de iluminador e dar um brilho ao make. Sobre as pálpebras, o corretivo cumpre a função do primer, realçando as cores das sombras e ajudando a fixar o lápis e o delineador. Já nos cantos internos e externos dos olhos, o produto contribui para um olhar mais aberto e destacado , esse efeito fica ainda melhor se finalizado com pó iluminador.

– Como você já deve ter notado, a variedade de corretivos é bastante grande, o que torna mais difícil a tarefa de escolher o produto que se adéqua ao seu tipo de pele e as imperfeições que você precisa disfarçar. Confira mais detalhes sobre cada versão do produto:

Líquido

Com efeito bastante sutil, o corretivo líquido é usado para cobrir pequenas imperfeições. Olheiras suaves, cravos e espinhas quase imperceptíveis ganham um ótimo acabamento com esse tipo de produto. Por sua textura, é bastante indicado para a região dos olhos por facilitar a aplicação e pode ser usado em todos os tipos de pele.

Cremoso

O corretivo cremoso confere uma cobertura mais densa, ideal para disfarçar olheiras e manchas escuras, além de grandes imperfeições. Por ser um produto mais oleoso, é recomendado para pessoas de pele mista ou seca.

Mineral

O corretivo mineral confere um efeito suave e uma cobertura natural devido a sua textura leve. Sendo assim, traz resultados bastante satisfatórios com pequenas imperfeições e olheiras discretas. Por se tratar de um produto em pó, é indicado para peles oleosas, mistas e sensíveis, já que contem ingredientes que não irritam a pele.

Bastão ou Lápis

Indicado para todos os tipos de pele, o corretivo em bastão ou em lápis é o melhor para esconder espinhas e pequenas manchas. Com uma textura seca e firme, facilita a aplicação em pequenas áreas, mas requer cuidado para não gerar acúmulos.

– Depois de definir a textura ideal do seu corretivo, é preciso escolher a cor do produto. O segredo dos grandes maquiadores é ter sempre à mão dois tons de corretivo. Isso porque nós costumamos apresentar uma diferença considerável nas cores do rosto.

– A área das olheiras tende a ser mais escura do que a testa, por exemplo. Sendo assim, o mais recomendado seria usar um tom de corretivo mais claro para esconder uma espinha na testa e um tom mais escuro para suavizar a área dos olhos.

– Entre as opções básicas, varie sempre de acordo com tom mais próximo da sua pele. Para isso, os especialistas recomendam que o corretivo seja testado diretamente no rosto e, preferencialmente, sob luz natural. Boa parte das mulheres costuma passar o produto na mão, porém isso pode resultar em uma grande diferença na hora de aplicar o produto no rosto.

– É importante lembrar que os corretivos coloridos não dispensam o uso de um corretivo normal. Sempre que usar uma versão especial do produto, recorra ao seu corretivo habitual para dar acabamento à pele. Confira mais detalhes sobre as versões coloridas:

– Amarelo: indicado para camuflar olheiras marrons e roxas. Também é bastante utilizado para esconder hematomas.

– Verde: é o melhor corretivo para esconder espinhas e manchas vermelhas da pele. Utilize em caso de acne inflamada, queimaduras de sol ou vermelhidão causada por procedimentos na pele.

– Lilás: recomendado para disfarçar manchas amarelas, laranjas e marrom. Aposte na cor se desejar suavizar espinhas inflamadas e com pus, além de marcas causadas por excesso de sol.

– Laranja: funciona muito bem com olheiras intensas que apresentam tons de roxo e azul.

– Vermelho: é a cor mais indicada para disfarçar manchas brancas na pele, comuns em pessoas mais velhas. Ainda é utilizado para cobrir melasmas, que são manchas mais claras do que o tom natural da pele. Aprendeu??? Agora, use…